Poesias Dispersas

"Em cada um de nós há um segredo, uma paisagem interior com planícies invioláveis, vales de silêncio e paraísos secretos." Antoine de Saint-Exupéry

Tem gente que machuca os outros, tem gente que não sabe amar.

As vezes é no silêncio, na pausa, no vazio, que descobrimos a nossa verdadeira essência ou pelo ou menos temos a chance de nos ver pelo outro lado.

Ciúmes, uma das formas mais sinceras e involuntárias de demonstrar o seu amor.

Queria pelo menos uma vez, ser amado do mesmo modo que eu amo.

Eu era bem melhor, mas tudo deu um nó.

Meu silêncio fala mais alto que todas as vozes.

Ela torce secretamente para que tão cedo ele não encontre uma garota “melhor”.

Já dizia um velho sábio: Se benze porque a sua felicidade vai ofender muita gente!

1 2 3 4 5 Próxima